domingo, 6 de agosto de 2017

#331

Nada do que eu escrevo tem um significado só. Afinal, escrevo o que sinto. Cada um que ler vai sentir algo diferente, ou semelhante. E da o seu sentido para aquilo que foi lido.
Postar um comentário